Atendimento presencial do Ipê é tema de reunião em Sobradinho

Prefeito de Sobradinho cancela viagem a Brasília
22 de fevereiro de 2021
Covid-19: Saúde atualiza números da pandemia
24 de fevereiro de 2021

Atendimento presencial do Ipê é tema de reunião em Sobradinho

O prefeito de Sobradinho, Armando Mayerhofer recebeu na tarde desta segunda-feira, 22, a visita do ex-prefeito e atual vereador, Julio Miguel Nunes Vieira. Durante o encontro, eles debateram sobre diversos assuntos de interesse do município, dentre eles, a possível suspensão das atividades do escritório do Ipê de Sobradinho. Oportunidade em que o prefeito Mayerhofer se colocou à disposição para, em conjunto com o Legislativo Municipal, buscar uma alternativa para manter o posto de atendimento no município.

            Conforme Mayerhofer, a Prefeitura já está estudando uma maneira para que seja mantido esse serviço, que é de grande valia para os conveniados. Dentre as alternativas levantadas está à transferência do escritório do Ipê para junto do Centro Administrativo Municipal, reduzindo – dessa forma – os gastos com aluguel, que são um dos motivos alegados para justificar o fechamento dos escritórios nos municípios do interior do Estado. Mayerhofer destaca que a Prefeitura é parceria no atendimento dos conveniados, uma vez que, até mesmo, o funcionário responsável pelo serviço é cedido pelo município.

            O prefeito adianta que nesta quarta-feira, 24, viajará a Porto Alegre, onde se reunirá com os representantes do Ipê. Na ocasião, irá expor a situação do município e propor que seja firmado um Termo de Cooperação entre a Prefeitura e o Instituto de Previdência do Estado, visando manter os atendimentos presenciais do Ipê em Sobradinho.

            Mayerhofer lembra que recentemente já esteve reunido com o diretor-presidente do Ipê-Saúde, Marcus Vinicius Vieira de Almeida, oportunidade em que também questionou o expressivo aumento das alíquotas do Ipê-Saúde. Ficando acertado que o Instituto encaminhará à Prefeitura um relatório com todos os gastos do município, possibilitando assim uma avaliação e posterior busca pela redução já para o próximo ano.

            “Estamos atentos e empenhados para garantir aos conveniados do Ipê, que na grande maioria são servidores municipais, todo o suporte necessário, uma vez que as alíquotas registraram um aumento exorbitante, nos últimos anos, passando de 13.2% em 2013, para 37.10%, em 2021”, pondera o prefeito Armando Mayerhofer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + catorze =