Secretário de Saúde participa de importantes reuniões em Porto Alegre

Profissionais da educação participam de Formação Designer Thinking
9 de maio de 2019
Equipe da Educação Infantil participa de formação pedagógica do PUFV
10 de maio de 2019

Secretário de Saúde participa de importantes reuniões em Porto Alegre

O secretário municipal de Saúde de Sobradinho, Nilo Wietzke, que é membro do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul (COSEMS/RS) representando a 8ª Coordenadora Regional de Saúde – participou nesta terça (07) e quarta-feira (08), em Porto Alegre, das reuniões da Secretaria Técnica – SETEC/RS e da Comissão Intergestores Bipartite – CIB.

Na ocasião, foi debatida uma extensa pauta, que tratou sobre: o credenciamento do Hospital Ouro Branco de Teutônia; alteração de remanejo de Nefrologia do município de São Borja para Itaqui; alteração da solicitação de habilitação, junto ao Ministério da Saúde, do Laboratório de Citopatologia de Palmeira das Missões; remanejo de recurso federal do grupo MAC Gestão de Fisioterapia – Camaquã, Barra do Ribeiro e Minas do Leão; remanejo de recurso financeiro federal do bloco MAC sob a gestão estadual para custeio de tratamento de glaucoma para Porto Alegre; remanejo de teto do Rio Grande do Sul para os municípios de Caxias do Sul e Porto Alegre; habilitação do Hospital São Carlos de Farroupilha, como unidade de assistência de alta complexidade em Traumatologia e Ortopedia, junto ao Ministério da Saúde; habilitação, junto ao Ministério da Saúde, de novos leitos de UTI adulto tipo II do Hospital; habilitação de novas equipes de ESF; remanejo e qualificação de leitos neonatais da Rede Cegonha no Estado; referência na atenção integral às pessoas em situação de violência sexual – Hospital Universitário Miguel Riet Correa Jr, de Rio Grande e referências do Rio Grande do Sul; desabilitação do CEREST de Passo Fundo; qualificação de 12 leitos de UTI – Hospital de Viamão.

Conforme Nilo Wietzke, os encontros são mensais e servem para apontar e pactuar demandas da saúde, organizar o funcionamento das ações e serviços na área, fazendo parte da legislação do SUS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 8 =